É massa!

Quem imaginaria que uma brincadeira simples, como manipular a massinha de modelar, teria tanta importância?

            Sim, é verdade. Nesse processo, há inúmeros fatores que são influenciados. Enquanto a criança manuseia a massa de modelar, sua motricidade fina é desenvolvida quando os músculos de suas pequenas mãos são estimulados em cada movimento: no puxar, no enrolar e apertar. No momento em que ela começa a criar algo com a massa de modelar, ela desenvolve a criatividade usando de sua imaginação, desenvolvendo, assim, a cognição. Concentra-se em sua produção para que nada saia errado, mesmo que tudo no ambiente ao seu redor possa desconcentrá-la. Sentidos são aguçados, como o tato e o olfato e descobertas são feitas em uma infinidade de novas formas, cores, possibilidades, combinações e texturas variadas, buscando ideias e entrando em um mundo de faz de conta.

            A massinha no dia-a-dia da criança, portanto, é estimulante e produtiva. Auxiliando na partilha, no raciocínio, na coordenação e solidariedade. A imaginação é tanta, que quando elas criam algo, querem que nós professoras entrem na brincadeira também. Elas amam brincar de massinha! Todos os dias! E ficam entretidos por muito tempo, sempre querendo mais!

 

Professora Angelita