"Espacializando" os meios de transporte do Paraná

A fim de demonstrar visualmente a espacialização dos meios de transporte do nosso estado, os alunos do 7º ano realizaram uma atividade que tornou mais didático e visual a aprendizagem.

 Cada aluno recebeu um mapa do estado do Paraná contendo a distribuição das principais vias e barbantes nas cores vermelho, azul claro e azul marinho. Nas rodovias federais (BR’s), os alunos colaram o barbante vermelho, as ferrovias foram representadas na cor azul marinho e as hidrovias em azul claro. Desse modo, os alunos puderam compreender a localização geoestratégica dos meios de transporte de nosso Estado: as rodovias federais conectam as cidades paranaenses mais influentes, transportando cargas de todos os tipos, geralmente elementos perecíveis, tendo em vista a relativa rapidez, ao mesmo tempo que, as ferrovias fazem a ligação entre a capital e nosso porto predominante, que é o de Paranaguá, via Estrada de Ferro Curitiba-Paranaguá, além da Ferroeste, que liga Cascavel a Guarapuava, carregando principalmente soja e café a granel. As hidrovias, mesmo tendo a vantagem do baixo custo além de serem ambientalmente sustentáveis, são pouco conhecidas, pois utilizam rios e lagos para transportar grãos, minérios e elementos não- perecíveis nas regiões Oeste e Sudoeste do nosso estado, nas calhas dos rios Iguaçú, Tibagi, Paraná, Paranapanema, Ivaí e Piquiri.

Com esta atividade, os alunos puderam compreender a importância e a conexão dos modais viários, vitais para os nossos deslocamentos diários, sejam eles realizados através de carros, caminhões, motos, navios, barcos, aviões, helicópteros, balsas, trens, metrôs, ônibus e aviões cargueiros, pois são estes veículos de transportes citados acima que movimentam o nosso Planeta.