Musicalização na Escola

Musicalização Infantil

Há uma vantagem muito grande para as crianças que aprendem música desde cedo, pois é nesse momento que elas estão conhecendo o mundo ao seu redor e têm maior capacidade para o aprendizado. Conforme elas forem crescendo já vão ter se familiarizado com o mundo sonoro. Vão ter senso rítmico, sensibilidade, vão escutar melhor e se expressar melhor. O objetivo principal das aulas de música é “o prazer de ouvir e fazer música” (FERES, 1998, p. 13), ou seja, a vivência musical de forma lúdica.

Musicalização como uma abordagem específica de educação musical [...], por meio de canções, jogos, danças, exercícios de movimento, relaxamento, prática instrumental, improvisação e audição, certas noções básicas de ritmo, melodia, compasso, métrica, som, tonalidade, leitura e escrita musicais, que são apresentados à criança, sempre se reportando ao universo lúdico da infância”. (RCN\EI apud MADALOZZO e MADALOZZO, 2013)

Dentre as atividades propostas para as turmas da Educação Infantil, estão:

  • Exploração dos sons dos instrumentos musicais e relaxamento/escuta e apreciação musical: Os alunos exploram os sons dos instrumentos musicais, ao chacoalhar, bater e sacudir eles percebem o som que produz, ao mesmo tempo em que são cantadas músicas folclóricas, infantis.
  • Outro momento é o de relaxamento no final da aula. É a apreciação concentrada: escuta atenda da música tocada. Por meio dessas atividades, os alunos conhecem os instrumentos musicais, têm contato com diversos sons e desenvolvem uma escuta musical atenta.
  • Canções: A partir do maternal I, os educandos já cantam e tocam no compasso da música. Com essa atividade eles desenvolvem uma escuta atenta, ritmo e canto, movimento corporal, melodia, andamento e altura.
  • Prática instrumental e movimento corporal com uma música nova: Prática instrumental, como tocar o instrumento? Os alunos passam da fase de conhecer o instrumento para como tocar e qual ritmo fazer para acompanhar a música. A cada aula são cantadas três músicas para eles acompanharem com o instrumento. O movimento corporal também está presente, através de gestos e danças as crianças vão desenvolvendo o ritmo, a audição e o movimento do corpo.
  • Aprendendo as notas musicais brincando, escala no próprio corpo: A escala musical é composta por oito notas: dó, ré, mi, fa, sol, lá, si e dó (agudo). Para o conhecimento dessas notas através de uma brincadeira se canta elas com os seguntes gestos: dó grave-pés; ré-pernas; mi-joelhos; fá-coxas; sol-barriga; lá-peito; sol-ombros; dó-agudo-cabeça. Também são trabalhados conceitos musicais de staccato, legato, arpejo e oitava. Além de desenvolver o conhecimento das notas, dos conceitos citados também se pratica o canto, a afinação, a altura.
  • Música de saudação inicial e apreciação concentrada: Antes de começar a aula é cantada a música de saudação inicial, que além do canto também trabalha movimento corporal, por meio do lúdico. A apreciação concentrada é o momento de relaxamento da aula, consiste em ouvir e apreciar uma música geralmente instrumental e clássica, desenvolvendo a capacidade apreciativa e o conhecimento de diferentes instrumentos musicais.
  • Expressão vocal e corporal com música Yapo: Através da música Yapo do Palavra Cantada se trabalha e desenvolve com a criança o canto, o movimento corporal, ritmo, melodia e alguns conceitos como andamento, altura, pausa.

 

Musicalização Infantil no Ensino Fundamental I

            Jogos de mãos, jogos de copos, brincadeiras e canções tradicionais. É por meio dessas e outras metodologias que os alunos vivenciam a música e compreendem o ritmo, andamento, pulsação, melodia, timbre, altura, entre outros elementos da música. Esta serve para ampliar o repertório das crianças, “auxiliar na autoexpressão e comunicação interpessoal, e contribuir para a construção de uma ‘autonomia musical’” (ROMANELLI e ILARI, 2015). Ao conhecer diferentes gêneros musicais, a história de cada um, outras músicas diferentes das do dia a dia, um dos objetivos é que os alunos saibam ser críticos ao escolherem suas músicas e tenham uma escuta mais atenta e responsiva. Tudo isso fazendo música, através do canto, prática instrumental, improvisação, composição e percepção musical.

Para concluir, a musicalização é uma abordagem especifica da educação musical e se dá por meio de “canções, jogos, danças, exercícios de movimento, relaxamento, prática instrumental, improvisação e audição, certas noções básicas de ritmo, melodia, compasso, métrica som, tonalidade, leitura e escrita musicais” (RCNEI apud MADALOZZO e MADALOZZO, 2013)

As turmas do Ensino Fundamental I e alguns alunos do Ensino Fundamental II, que permanecem no período integral, tiveram em suas aulas:

  • Jogos de mãos e apreciação concentrada: É um jogo simples de palma e depois palma com o colega, executado no ritmo da música. Desenvolve, por meio do lúdico, o ritmo, coordenação motora e escuta atenta.
  • Escuta atenta e canto, dança: A escuta atenta consiste em não somente ouvir, mas sim escutar prestando atenção nos aspectos da música, como por exemplo: os instrumentos, as vozes, o andamento, levando em consideração o contexto de cada música. Ao aprender ouvir atentamente uma música, se desenvolve o ouvir não só musicalmente, mas o todo. Depois dessa escuta é momento da prática: cantar e também dançar.
  • Composição musical: Criar é um dos elementos do aprendizado musical. Começamos com uma atividade simples: criar uma paródia da música escolhida pelo grupo de alunos do gênero trabalhado nas aulas. Paródia é trocar a letra da música, geralmente usando um tema engraçado e do cotidiano, e manter o ritmo e a melodia da música original. Desenvolvendo assim a criatividade, trabalho em equipe, o canto e o ritmo também, pois depois de pronta, os alunos apresentaram a música para seus colegas.
  • Jogos de copos: Consiste em executar o ritmo com os movimentos propostos da sequência “cups song”. Com os jogos de copos se desenvolve a concentração, escuta atenta, coordenação motora, suingue (senso rítmico), trabalho em grupo e o canto.
  • Conhecendo a história dos gêneros musicais: Há uma grande variedade de gêneros musicais, conhecidos e não tão conhecidos. Também se conhece pouco do contexto histórico de cada um e como surgiu e se consolidou. Pensando nisso surgiu um pequeno projeto para conhecer os diversos gêneros musicais. A cada aula é escutado com atenção uma das músicas que marcou o gênero ou foi importante para o seu surgimento, depois acompanhado de instrumentos musicais se canta esta ou outra música.