O desafio é grande, mas a Educação Infantil é maravilhosa

A Educação Infantil é uma das fases mais importantes na vida do ser humano. É neste período que se dá a maior parte do aprendizado que o individuo levará para a vida toda.

Nos primeiros meses de vida, os pequenos desenvolvem a percepção das necessidades básicas (alimentação, troca de fraldas, soninho...) e aos poucos vão aprimorando o conhecimento e correspondendo cada vez mais aos estímulos com sorrisos ou diferentes expressões.

Com o passar do tempo, começam a andar e assim vão desbravando o mundo que os cerca, quando a caminhada já não é suficiente, passam a correr e escalar objetos. Aí vem a comunicação, que pode ocorrer paralelo com o andar, primeiro balbuciando sons, sílabas e por fim palavrinhas que se aperfeiçoam diariamente.

A partir daí, a criança, dia após dia vai adquirindo conhecimento de maneira cada vez mais rápida, nos surpreendendo com sua inteligência e com algumas afirmações ou perguntas que, muitas vezes, nos deixam sem ação.

A convivência com outras crianças auxilia significativamente no desenvolvimento dos pequenos em diversos aspectos, tais como partilha de objetos, alimentação e comunicação.

Quando são maiores, por volta dos três anos, os pequenos, “com seu conhecimento de mundo” passam a expressar suas preferências e afinidades, algumas vezes, nós adultos conseguimos interferir em suas “decisões” em outras nem tanto.

Acredito que a infância, além de ser uma das fases mais importantes é também a mais divertida da vida, em especial na Educação Infantil, pois é aí que os pequenos descobrem uma infinidade de oportunidades sem se importar tanto com compromissos e responsabilidades.

Em contrapartida, é nesta fase, até os cinco anos principalmente, que a criança precisa ser orientada com firmeza e constantemente sobre as regras para uma boa convivência, pois é preciso despertar nelas a importância da vivência em sociedade, respeitando os limites para ser um bom cidadão desde pequeno.

Para refletir: “A educação não pode ser delegada somente a escola. Aluno é transitório. Filho é para sempre.” (Içami Tiba)

 

Maria Elisângela Kureke

Coordenadora da Educação Infantil da Escola Inovação do Saber