O poder das palavras

Queridos pais, quero deixar aqui nesse texto uma pequena reflexão sobre o poder da palavra. As palavras exercem um grande poder na vida das pessoas, principalmente na vida das crianças e dos adolescentes, ou seja, de nossos filhos, por isso, precisamos estar bem atentos. Apesar de, na maioria das vezes, não haver a intenção de machucar os filhos com palavras, infelizmente, em momentos de raiva ou nervosismo, sem perceber, podem ser ditas palavras que destroem ao invés de construir.

Nós pais somos muito importantes para nossos filhos, somos exemplos, heróis, companheiros. Então, aquilo que um pai e uma mãe falam tem um valor muito grande para eles. É muito importante usar palavras construtivas, dizer assim: “Você é capaz, vai firme”. Quando se estimula a criança ou o adolescente, ele cria dentro de si uma certeza de que tem capacidade, de que pode. Esse senso de estímulo que os pais colocam na vida dos filhos vai fortalecer a bagagem que carregam consigo. Nós pais, precisamos evitar palavras de menosprezo, como: “Você não tem capacidade, você é ignorante, você é burro”. Nunca utilize esse vocabulário com os seus filhos. Diga: “Sim, você pode, você é capaz, você vai vencer”.

Essas palavras de estímulo, quando pronunciadas com afeto e acompanhadas de respeito, de paciência, de calma e de muito diálogo, irão permanecer no coração e na mente de nossos filhos e farão uma grande diferença em suas vidas, pois palavras de amor podem salvar uma vida, enquanto que palavras de desamor geram tristeza e discórdia.

Muitas vezes os filhos, para não receber palavras de reprovações usam de mentira ou partem para rebeldia. Sendo assim, fique atento! Cuidado com suas palavras, porque uma palavra mal colocada afeta de maneira negativa a vida dos filhos. E aquela dita no momento certo, com a entonação adequada, gera amor e se torna uma mensagem poderosa de união entre pais e filhos.

 

Léia Catenassi