Soletrando com o 6º Ano

  Todos sabemos das inúmeras regras gramaticais que compõe a nossa Língua Portuguesa. Essas regras muitas vezes oferecem dificuldades para o aluno memorizá-las. Escrever ortograficamente bem é uma habilidade imprescindível para se alcançar no mercado de trabalho.

   Diante disso, resolvemos propor uma competição saudável e lúdica aos alunos do 6° ano, para que eles pudessem assimilar novas palavras, assim como, o significado delas.

   Foi entregue, previamente a eles ,uma relação de palavras para que estudassem-nas. Assim como o significado delas e a aplicação em frases.  No dia 31 de agosto, a atividade foi realizada juntamente com a professora Simone. Cada aluno sorteou uma dessas palavras e teve que soletrá-la sem se esquecer do acento gráfico. Os demais alunos deveriam ficar em silêncio para não atrapalhar o colega. Todos os alunos participaram da brincadeira pedagógica.

   Durante a realização da atividade, pudemos constatar que os alunos estavam aprendendo brincando e que eles estavam motivados e também muito animados.

   O objetivo desta atividade foi estimular os alunos a ler e a escrever corretamente as palavras, além de assimilar vocábulos novos e conscientizá-los da importância de ter uma boa ortografia para o desenvolvimento escolar e também pessoal.

    Além desta atividade, a professora enfatiza,constantemente, na sala de aula, que os alunos devem praticar a leitura diariamente, pois desta forma enriquecem o  vocabulário linguístico e adquirem novos conhecimentos para  opinar sobre os mais variados assuntos na sociedade. Como afirma Paulo Francis: “Quem não lê, não pensa, vira servo”.

     Ao obter conhecimento através da leitura, podemos exercer nosso papel de cidadão, lutar pelos nossos direitos, buscando sempre uma sociedade mais igualitária para todos.

Seguem algumas dicas do blog do professor universitário,colunista,biógrafo e autor Rodrigo Maia,para escrever bem.

1. Se tem dúvida ortográfica, procure um dicionário. Se acha ele pesado e complicado para procurar, use as versões online. São diversas opções disponíveis atualmente com ótima qualidade. Recomendo Houaiss, Aurélio, Michaelis e Aulete.

2. Depois de terminar a primeira versão do texto, faça uma leitura detalhada. Com toda a certeza, você já vai fazer ajustes.

3. Lembre-se de que escrever bem requer treino. Um jogador de basquete, por exemplo, fica horas por dia treinando as técnicas para acertar a bola o maior número de vezes na cesta. Por isso, durante o jogo, quem treina mais, acerta mais. Com texto é a mesma coisa. Quanto mais escreve, melhor fica.

Professora Simone